26 de agosto de 2015

KJERAG - a trilha


Já não é a primeira vez que isso me ocorre, viajar entre estações. Desta vez peguei o início do verão que começou meio atrasado, de outra peguei o fim do outono. Em ambas pude curtir um pouco de gelo e neve e um pouco de água, céu azul e calor. 

A trilha de Kjerag foi uma surpresa para mim, nunca tinha caminhado sobre a neve e cruzado rios de desgelo, a cada 100 m eu queria fotografar a cena inesperada. Mais uma vez dei sorte, o dia estava ensolarado, porém o vento era absurdo! Eu caminhava jogando meu peso contra o vento, senão ele me levava. Mais uma aventura, mais uma experiência.

Acordei na minha cabaninha no paraíso e durante o delicioso café da manhã, pude conversar um casal de alemães e uma francesa que já estavam explorando a Noruega fazia algum tempo. 

As dicas foram ótimas. Eliminei um trecho muito longo de carro que eu iria percorrer só para fazer uma trilha que estava nas top ten da National Geographic, a Bessengen Ridge hike. A Karine (a francesa) tinha feito a trilha e me avisou que era muito longe e que as condições nem estavam tão boas. O casal já meu deu novas sugestões de onde eu poderia e realmente foi a melhor escolha. A ida a Eidfjord foi mágica e depois da minha terceira trilha (Trolltunga), eu já estava bem nutrida de caminhadas por esses dias.

Com meu roteiro reconfigurado, segui para o ponto de partida da trilha para Kjeragbolten, o estacionamento do restaurante Oygardstol

O percurso tem 12km ida e volta com desnível de 340m. O tempo médio da diversão varia entre 5 e 7 horas.

a caminho da trilha



logo nos primeiros passos deu para ver que não ia ser molezinha

a primeira visão estonteante

o percurso com trechos de neve, rochas e lama



riachos de água transparente, vinda do desgelo, a melhor água que já bebi, ainda mais por causa da sede!



Logo no início da trilha encontrei a Karine, a francesa que estava no hotel, e fizemos a trilha juntas, foi muito legal! Erramos juntas e passamos a Kjeragbolten sem perceber. Acabamos por caminhar duas horas a mais, sozinhas pela neve, até decidirmos que era melhor voltar.  Valeu a aventura e a nova amiga para novas trips!

Karine nas travessias ainda secas! Na volta não tinha como passar sem molhar as canelas!

perdidas pelos fjordes, um vento!!!!!

perdidas pelos fjordes

Enfim achamos o lugar certo! e que lugar!!!

Kjerag - no dia anterior estava lá em baixo naquele barco

a famosa foto em Kjeragbolten!!! não deu para ficar em pé, ia ser levada pelo vento!!!!

Eu a Karine e a rocha presa nos penhascos!

Na volta, Lysebotn vista do alto, um pedaço do paraíso no meio dos fjordes


Depois de umas 9 horas caminhando, cheguei quebrada na cabaninha, capotei. O dia seguinte era de descanso, de carro rumo a próxima trilha em Tyssedal.

Pela manhã, depois de um café sem pressa peguei a FV500, parte do circuito turístico da Noruega, a rodovia fica aberta de maio a outubro. Cruzando as altas montanhas de Rogaland, inicia em Lysebotn com 27 curvas fechadas até o mirante do restaurante de Øygardsstølen, alternando trechos onde só há lugar para um veículo com baias pra ultrapassagem. Continua no próximo post....


Leia também:



Se você gostou do relato e das fotos e quer ficar informado das novidades, curta o VAINAMINHA no facebook.




VAINAMINHA on line no



5 comentários:

  1. Minha amiga aventureira, demais essas fotos! E o relato, dá vontade de estar lá!

    ResponderExcluir
  2. Que menina levada! Sai dessa pedra e se ela cai! Um grande abraço em todos!

    ResponderExcluir
  3. I loved to read and see the pictures about this hike we did together Claudia !! Such great moments !!
    Kisses,

    ResponderExcluir
  4. Olá. Estamos indo p noruega em maio. Sabe dizer se as trilhas para kjerabolt e pulpit rock ficam abertas em maio. Obrigada

    ResponderExcluir